Ir direto ao conteúdo

Página Legal

O cotidiano jurídico com muito bom humor

Por Paulo Gustavo Sampaio Andrade, advogado.

A religião segundo Khomeini

29/04/2008 às 8h06min Paulo Gustavoleis esquisitas

Os preceitos do Ayatollah Khomeini, líder religioso e político do Irã que fundou o regime teocrático até hoje vigente, tratam até mesmo de aspectos relacionados com a religião:

Governo

  • “O governo islâmico é submetido à lei do islã, que não emana do povo, nem de seus representantes, mas, sim, diretamente de Deus e da sua divina vontade.”

Não-muçulmanos

  • “O corpo de um indivíduo não-muçulmano é impuro, inclusive os seus cabelos, unhas, pêlos e todas as secreções do seu corpo.”
  • “É estritamente proibido dissecar o cadáver de um muçulmano, mas dissecar o cadáver de um não-muçulmano é permitido.”

Orações

  • “Tossir, arrotar alto, suspirar não anulam a oração. Mas a oração será nula caso sejam pronunciadas interjeições de pelo menos duas letras.”

(Extraído do livro “As mais antigas normas de Direito”, de J.B. de Souza Lima. 2.ed., Forense, Rio de Janeiro, 1983)

Este artigo já recebeu 1 Comentário

  1. vou ficfar calado comentar sobre mulçumano dá morte

Escreva seu comentário

(não será publicado)

(opcional)